A COPA QUE O BRASIL VENCEU*

imagem126592Durante o tempo de preparação da Copa do Mundo no Brasil, uma onda de pessimismo tomou conta do país. Os bordões “não vai ter Copa” e “imagina na Copa” soaram do norte ao sul brasileiro como prólogo de uma morte anunciada. As vozes da insatisfação esbravejavam: “nada vai dar certo, estamos no Brasil”. Pesquisas realizadas no início deste ano apontavam para a falta de interesse da população pela Copa em terras brasileiras.

Foi só a bola começar a rolar que a desconfiança arrefeceu, os protestos encolheram e os incrédulos silenciaram. Sim, deu tudo errado, mas para quem torceu contra a Copa no Brasil.

Fora dos gramados, o país do futebol mostrou do seu jeito, para o mundo todo, a sua força e uma incrível capacidade de mobilização pública e governamental. As esferas Federal, Estadual e Municipal trabalharam em conjunto na organização deste megaevento esportivo, numa articulação que superou expectativas e tem recebido diversos elogios da imprensa internacional.

O encantamento não foi só da mídia do exterior, mas, também, dos milhares de turistas estrangeiros que passaram pelo país. Os modernos estádios, as belezas naturais, a peculiar e fantástica culinária, a organização do evento, e, principalmente, a hospitalidade e alegria dos brasileiros influenciaram na opinião, quase unânime, do sucesso da Copa no Brasil. Além dos legados tangíveis deixados pela Copa – obras de infraestrutura, mobilidade, equipamentos na área de segurança – que estão mudando a vida das pessoas, não podemos esquecer do grande legado intangível: a projeção mundial da imagem positiva do Brasil. Isso significa que nos próximos anos teremos um aumento significativo de turistas estrangeiros e investimentos internacionais no país.

E aí está o nosso grande desafio: seguir em frente com esta agenda positiva, oportunizada pela Copa no Brasil. Deixar de lado, esse complexo de vira-latas, tão bem caracterizado por Nelson Rodrigues, de que somos inferiores ao resto do mundo. Acreditar mais na criatividade do povo brasileiro e na sua capacidade de superar as adversidades. Se dentro do campo o resultado não foi o esperado, fora dele mostramos que somos capazes de fazer acontecer, basta querer.

Foto: Cris Rochol/PMPA

*Artigo publicado na edição desta segunda-feira, 14, no jornal Correio do Povo.

UMA MULHER

Há alguns dias, recebi o vídeo abaixo de um amigo. Foi produzido no ano passado e trata-se de uma iniciativa da ONU Mulheres, que é a organização internacional das Nações Unidas com a missão de defender os direitos de mulheres e crianças ao redor do mundo. O vídeo reuniu músicos e cantores procedentes de várias partes do planeta que cantaram juntos uma linda mensagem. É com ela que faço aqui minha homenagem a todas as mulheres nesse dia 8 de março! Uma Mulher!

No link http://song.unwomen.org/es mais informações sobre a iniciativa e, abaixo, compartilho com vocês a letra traduzida dessa linda canção! ;-)

Uma Mulher (tradução livre)

Em Kigali, ela acorda,
Ela faz uma escolha,
Em Hanói, Natal, Ramallah.
Em Tânger, ela respira,
Levanta a sua voz,
Em Lahore, La Paz, Kampala.
Embora ela esteja do outro lado do mundo,
Algo em mim quer dizer.
Somos uma única mulher,
Você chora e eu posso ouví-la.
Somos uma única mulher,
Você se machuca, e eu me machuco também.
Somos uma única mulher,
Suas esperanças são as minhas.
Vamos brilhar.

Em Juarez ela fala a verdade,
Ela estende a mão,
Em seguida, ensina aos outros a fazê-lo também.
Em Jaipur, ela diz o seu nome,
Ela vive sem vergonha,
Em Manila, Salta, Embu.
Embora nós sejamos diferentes,
Estamos conectados, ela está comigo,

Somos uma única mulher,
Sua coragem me mantém forte.
Somos uma única mulher,
Você canta, eu canto junto.
Somos uma única mulher,
Seus sonhos são os meus.
E vamos brilhar.
Vamos brilhar.

E um homem, ele ouve a voz dela.
E um homem, ele luta luta dela.
Dia após dia, ele muda os velhos modos,
Uma mulher de cada vez.
Embora ela esteja do outro lado do mundo,
Algo em mim quer dizer.

Somos uma mulher,
Suas vitórias elevam a todas nós.
Somos uma mulher,
Você se levanta e eu vou para o alto junto.
Somos uma mulher,
Seu mundo é o meu,
E vamos brilhar.
Brilhe, brilhe, brilhe.
Vamos brilhar
Brilhe, brilhe, brilhe.
Vamos brilhar.
Brilhe, brilhe, brilhe.

Blog do Fortunati is using WP-Gravatar