DIA DE CELEBRAR E REFLETIR

Hoje, Dia de São Francisco de Assis, comemoramos o Dia dos Animais. Sem dúvida trata-se de uma data muito especial para todos nós que amamos e nos preocupamos com o bem estar dos nossos amigos bichos. No entanto, além de celebrarmos e rendermos homenagens a nossos parceiros de jornada, é também um dia que deve ser utilizado para reflexão.

Historicamente, como acredito ser de conhecimento de todos, sou um defensor da causa animal. Seja na minha vida pública ou particular, sempre tratei com muita seriedade e comprometimento questões como o combate aos maus tratos, educação e posse responsável e a luta pelo combate aos maus-tratos a que muitas vezes são submetidos os animais. Quem me conhece sabe que estes temas estão entre as minhas principais bandeiras e o quanto milito para que tenhamos mais e mais pessoas com a mesma preocupação.

É importante termos consciência de que os animais são seres que possuem direitos sim, e que sua qualidade de vida é nossa responsabilidade, pois fomos nós quem os trouxemos para o nosso convívio. São seres que merecem o desenvolvimento de políticas e total atenção do poder público. Tenho convicção que respeitar os animais é mais que um dever, é uma questão de cidadania e amor ao próximo.

Por fim, aproveito a oportunidade para convidar a todos para discutirmos essa questão com mais profundidade.  Na próxima sexta-feira, 7, a Secretaria Especial dos Direitos Animais promove o II Fórum Sobre Políticas de Proteção aos Animais Domésticos. Certamente, teremos uma riquíssima oportunidade para tratar do assunto e avançar ainda mais no debate deste tema que ainda carece de discussão.

Confira a programação:

DIREITOS ANIMAIS: AVANÇO E QUALIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS

A aprovação da criação da Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA) significa um grande salto de qualidade na relação do poder público para com as políticas voltadas aos bichos.

Sem dúvida, estamos vivendo um momento histórico, pois com a SEDA poderemos tratar com mais eficácia um tema que há muito era colocado em segundo plano e que, agora, com o respaldo de uma secretaria receberá toda a atenção que merece. Cabe lembrar, por exemplo, que a questão dos animais constitui um grave problema de saúde pública das grandes cidades por causa proliferação de doenças.

Além disso, a nova estrutura permitirá ao executivo municipal abordar de forma mais adequada o tema dos animais de rua, com ações de controle populacional, principalmente na periferia da cidade, e o estímulo de campanhas educativas baseadas no conceito da adoção responsável. A pasta também irá atuar em ações de combate aos maus tratos a que muitas vezes são submetidos os animais e estabelecerá parcerias com instituições, como por exemplo, a Faculdade de Medicina Veterinária da UFRGS para potencializar as suas ações.

Enfim, a criação da Secretaria Especial dos Direitos Animais constitui um avanço e qualifica ainda mais os serviços prestados pela prefeitura de Porto Alegre. Ainda temos muito a fazer, mas tenho certeza de que este é um passo importante no sentido de tornar a nossa cidade um lugar cada vez melhor de se viver e um exemplo para os nossos visitantes.

« Página anterior

Blog do Fortunati is using WP-Gravatar